domingo, 7 de setembro de 2008

Penne com Frango

Num tacho cozi a massa ("Penne") de acordo com as instruções que vinham na embalagem.
Noutro tacho deixei a marinar, durante meia hora, 6 bifes pequenos de frango que cortei préviamente aos quadradinhos/tiras (com a tesoura de cozinha para não ter trabalho) e que envolvi em 3 dentes de alho, metade de uma cebola pequena picada, colorau a gosto, metade de uma malagueta (opcional), sal q.b., sumo de limão e um pouco de azeite.
Depois, cozinhei o frango fritando-o primeiro um pouco e ao qual juntei metade de um pacote pequeno de polpa de tomate, tiras de ananás e de pimento verde. Quando o frango alourou juntei um pouco de água e deixei cozer tudo muito bem. Para ficar com um pouco de molho, não deixei secar a água do frango completamente e envolvi a massa com o frango.
Ficou óptimo!

sábado, 6 de setembro de 2008

Crumble de Maçã

Depois de muito ouvir falar nesta receita, hoje, finalmente, decidi experimentá-la já que as maçãs não se podem desperdiçar e nós trouxemos muitas das férias.
Retirei esta receita daqui, mas eu aumentei um pouco as doses, sendo que, para a próxima, irei duplicar esta quantidade porque dá "apenas" para um tabuleiro pequeno de ir ao forno e este doce fica muito bom e sabe bem com um chá ou um café, preferencialmente estando morno.

Ingredientes:

Açúcar: 15 colheres de sopa,
Farinha: 17 colheres de sopa,
Manteiga: 200 g,
Maçã: 5.

Preparação:

Misturar com os dedos a manteiga já amolecida, o açúcar e a farinha. Deverá obter uma massa arenosa e uniforme.Descascar a maçã (golden ou gala), que depois de cortada em pequenos dados, é colocada no fundo de uma forma baixa.
Colocar a massa na forma, por cima da maçã, sem calcar. Cozer durante 30 minutos a 200ºC.

Sugestões:
Pode fazer variantes com outros frutos, por exemplo, frutos silvestres, ou até misturar alguns frutos secos. O Crumble pode comer-se morno ou frio. Natural, com um creme inglês, natas ou chantilly, ou até com doce de groselha... dependendo dos gostos.

Camarão frito

Esta receita foi "inventada" e confeccionada pelo maridão que tem revelado um jeito enorme para petiscos.
Triturou com a varinha mágica 4 dentes de alho e 1 malagueta que depois deitou numa frigideira, onde juntou um pouco de azeite. Quando esta "pasta" alourou, deitou os camarões (1 Kg), préviamente "escaldados" (deitá-los rapidamente em água a ferver para que a casca fique mais solta), na frigideira e deixou-os fritar, indo sempre mexendo. Pôs sal q.b. e quando os camarões estavam prontos, deitou coentros (a gosto) picados sobre todo o camarão e mexeu tudo muito bem.
Ficou óptimo!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...