domingo, 9 de agosto de 2009

Carne de Porco à Alentejana

Aqui está um prato que a minha mãe sempre fez ou não fosse ela alentejana. E esta é daquelas receitas em que existem as mais variadas versões. Eu fiz a da minha mãe.
Num tacho refoguei em azeite e um pouco de banha os rojões de porco (800 gr) previamente temperados e marinados com alho, colorau, vinho branco, sal e louro.
Deixei cozinhar cerca de 10 minutos, até a carne alourar e juntei um pouco de água. Deixei cozinhar durante cerca de 15/20 minutos até a água desaparecer quase por completo. Nessa altura deitei as amêijoas (500 gr) - no meu caso congeladas e já limpas de areias -, as batatas previamente fritas aos cubos, envolvi tudo cuidadosamente e quando as amêijoas "abriram" a carne estava pronta e 'salpiquei' tudo com coentros picados.


domingo, 2 de agosto de 2009

Croquetes de Carne

Pode parecer estranho mas nunca tinha feito croquetes... Compro sempre feitos e "limito-me" a fritá-los.
Desta vez e de férias, e depois de fazer um empadão, sobrou-me alguma carne picada. Pensei cá para comigo que era pouca para congelar ou fazer outro prato e 'custava-me' deitar aquela carne fora...
Vai daí que puxei pela imaginação e ocorreu-me fazer uns croquetes, sem qualquer receita, porque achei que davam jeito para os nossos passeios. E assim foi, o resto da carne rendeu 13 croquetes que, quanto a mim, e para quem os fez pela primeira vez, estavam óptimos!
A carne picada tinha sido refogada em azeite, alho e cebola picados, temperada com sal a gosto e cozinhada com um pouco de água que secou e deu lugar à fritura. Como a carne estava muito solta do refogado, para 'enrijecer' a carne e conseguir fazer os croquetes, juntei farinha e pão ralado.
Depois passei os croquetes por ovo batido e em pão ralado. Fritei-os e ficaram muito bons. Nunca pensei que fosse tão rápido fazer croquetes "caseiros"...



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...