sexta-feira, 3 de abril de 2020

Huevos Rotos inventados...

Apesar de, há muitos anos, ter ido a Madrid em trabalho e à Galiza em passeio, por incrível que pareça nunca tinha ouvido falar em Huevos Rotos até fazer um Curso de Espanhol...
Também nada sabia ou tinha aprendido sobre esta língua mas tendo em conta a curiosidade provocada pelas inúmeras séries espanholas que entretanto comecei a ver (A Casa de Papel, Vis a Vis, o Tempo Entre Costuras, Elite, etc.), a vontade de aprender falou mais alto e lá fui eu.
Um dos temas foi a Gastronomia / Alimentação e lá vieram os Huevos Rotos à conversa. Por instantes senti-me a pessoa mais inculta do mundo por não conhecer e, pior ainda, nunca ter provado Huevos Rotos...
Entretanto fiz várias pesquisas pela net e resolvi fazer uma adaptação do que encontrei e li, e tendo em conta o que tinha disponível em casa.
Esta refeição serve também de petisco mas como "enche bastante", pode ser a refeição principal num daqueles dias em que nos apetece comer algo... mais aconchegador sem pensar muito em calorias ou gorduras e que... dias não são dias...

Fiz estes Huevos Rotos para três pessoas, sendo que uma não quis ovo e por isso as fotos só apresentam dois ovos.

Assim, precisamos de:

- 3 ovos (1 por pessoa),
- 600 g de batata em palitos para fritar (usei da congelada por ser mais prática),
- 1 dente de alho,
- 1 cebola pequena picada,
- 1 chouriço (muito) pequeno ou uma metade,
- 1 morcela de arroz,
- 6 fatias de fiambre quadradas médias,
- Óleo q.b.

Comecei por fritar as batatas e reservei.
Num tacho refoguei o alho e a cebola num bocadinho de óleo e quando alouraram juntei o chouriço e a morcela de arroz previamente cortados e também reservei.
Entretanto, noutro tacho (maior e, de preferência anti aderente), em lume brando, deitei um bocadinho de óleo no fundo e juntei as batatas fritas.
Por cima destas coloquei as fatias de fiambre e sobre o fiambre juntei o refogado com o chouriço e a morcela, que estava noutro tacho.
Ao  mesmo tempo, numa frigideira pequena, estrelei os ovos que juntei por cima de tudo o resto, no tacho maior.
Foi a servir à mesa diretamente do tacho e só posso dizer que estava fabulosamente saboroso e apetitoso...




segunda-feira, 30 de março de 2020

Bolo de Aveia simples

Mais um bolo simples parecido com um outro Bolo de Aveia que já tinha colocado aqui no blog.
'Deambulei' pela net a procurar uma receita simples e dei de caras com esta que resultou num bolo muito apetitoso que quase parecia uma tarte de amêndoa.

Ingredientes:

  • 1 chávena de açúcar,
  • 2 chávenas de aveia em flocos (usei dos mais grossos, do LIDL),
  • 1 chávena de farinha de trigo,
  • 1/4 chávena de manteiga (derretida),
  • 1/2 chávena de leite,
  • 2 colheres (chá) de fermento em pó.
  • 2 ovos.
Confecção:

Bater todos ingredientes na batedeira até formar uma massa homogénea.

Colocar o fermento em pó e misturar tudo suavemente.

Levar ao forno médio/alto, pré-aquecido, por cerca de 30 minutos, ou até dourar.





sexta-feira, 27 de março de 2020

Penne com fiambre, cogumelos e natas

Estava sem inspiração para o almoço pelo que me lembrei de fazer algo simples e rápido com massas.
O pacote que estava disponível na dispensa era um pacote de massa penne pelo que me lembrei de fazer esta massa com fiambre e cogumelos, juntando natas no fim.
Esta receita dá para quatro pessoas / refeições (e ainda sobra um bocadinho...) e é de fácil confecção.


Ingredientes:


  • 300 g massa penne,
  • 250 g fiambre aos cubos (geralmente compro uma fatia / pedaço de fiambre mais grosso que depois corto aos cubos),
  • 1 lata de cogumelos laminados,
  • 200 ml natas (1 pacote),
  • 1 dente de alho,
  • 1 cebola (muito) pequena, 
  • fio de azeite,
  • sal q.b.,
  • água para cozer a massa.

Confecção:

1. Levar ao lume um tacho com água e sal a gosto. Quando a água começar a ferver introduzir a massa. Deixar levantar novamente fervura e cozer a massa por uns 10/12 minutos. Depois de cozida, escorrê-la, passar por água fria e reservar. 

2. Enquanto a massa cozia, tratei do resto da receita. Picar finamente a cebola e o alho. Numa frigideira colocar o fio de azeite. Levar ao lume e adicionar a cebola e o alho finamente picados para alourar em lume brando até amolecerem.

3. De seguida juntar os cogumelos escorridos e alourar também, e por fim, os cubos de fiambre. Juntar as natas aos poucos, envolver tudo e deixar ferver um pouco. Após levantar fervura, mexer bem e deitar a massa no tacho onde estão os cogumelos e o fiambre e envolver tudo muito bem.

4. Estava pronta a servir e como opção pode servir-se a massa com queijo parmesão ralado.


quarta-feira, 25 de março de 2020

Bolo de Laranja II, suave e grosseiro...

Há muito tempo (2008!), tinha colocado aqui uma receita de um Bolo de Laranja rápido.
Entretanto, e como nada tenho colocado no blog (falta de inspiração para tirar fotos, falta de novas receitas, falta de tempo...), dei de caras com uma outra receita de Bolo de Laranja e vai daí que fiz uma adaptação entre a nova receita e a que já aqui tinha deixado.

Ingredientes:

- 4 ovos inteiros: separar as gemas das claras,
- 1 chávena de chá de óleo,
- 1 chávena de chá de açúcar,
- Sumo de 1 laranja,
- Raspa de 1 laranja,
- 2 chávenas de chá de farinha de trigo,
- 1 colher de sopa de fermento em pó.

Preparação:

Misturar as gemas com o açúcar e juntar entretanto o óleo e o sumo de laranja. 
Envolver tudo muito bem e adicionar a farinha e a raspa da laranja.

Entretanto, batem-se as claras em castelo que se adicionam suavemente à massa.

Colocar a massa numa forma untada e polvilhada e levar ao forno pré aquecido a 180º durante cerca de 30 minutos (dependendo de se querer o bolo mais ou menos húmido).

Opção: depois de cozido, colocar por cima do bolo, ainda quente, o sumo de outra laranja para que o bolo fique ainda mais húmido.

O bolo ficou com um aspeto algo grosseiro mas ficou muito suave e saboroso.

Nestes dias de ficar por casa, soube bem ter a casa aromatizada com o aroma deste Bolo e quem sabe não surge também a inspiração para colocar aqui mais receitas.
:-) 






quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Já estamos no Instagram!
Foi uma ideia do meu filho e às tantas dei por mim a pensar como não me tinha lembrado disto mais cedo. Talvez porque também não tenho colocado aqui receitas com alguma frequência...
Podem seguir-nos em https://instagram.com/cocktaildereceitas


terça-feira, 20 de novembro de 2018

Espécie de Tortilha com restos de frango

Com restos no frigorífico e sem saber bem o que fazer ou com pouca vontade de cozinhar, decidi dar outro uso a uns bifes de frango que tinha feito, fritos com cogumelos e alho.
Vai daí que parti em pedaços pequenos cerca de 4 bifes de frango, finos, e levei-os a refogar num pouco de azeite com alho e cebola picados.
Juntei também os cogumelos que restavam e depois de tudo envolvido e do alho e da cebola terem alourado, reservei.
À parte mexi 4 ovos médios, liguei a placa, e  deitei entretanto os ovos sobre o frango que aguardava na frigideira. Temperei com um pouco de sal e deixei cozinhar um pouco.
Entretanto, com a ajuda dum prato raso, mais largo do que a frigideira, virei esta espécie de Tortilha para cozinhar do outro lado e, felizmente, correu bem.
Quando digo espécie de Tortilha é porque neste caso não levou batata, como é suposto levar no caso das Tortilhas.
Depois foi só partir a Tortilha em quatro e estava muito deliciosa e saborosa.
Foi uma forma de aproveitar e reinventar os restos que estavam no frigorífico e ficou tudo pronto em dez minutos.
Para acompanhar, um pouco da bela batata frita do pacote e salada de tomate.




quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Tagliatelle (verdi) alla carbonara

Esta receita foi mais uma ideia do Pedro pelo que eu fui ajudando na preparação dos ingredientes mas a confecção final não foi minha.
Já tinha saudades de comer massas pelo que este tagliatelle soube muito bem, tanto que, posteriormente, fizemos de forma diferente pelo que, entretanto, também partilharei aqui essa receita.

Assim, aqui ficam os ingredientes e o modo de preparação.

Ingredientes para 4 pessoas:

300 g de tagliatelle verde - não encontrámos em nenhum supermercado pelo que desta vez tivemos que fazer com o tagliatelle "normal",
300 g de cogumelos - usámos dos de lata e ficou muito bom na mesma,
200 g de Bacon,
2 dentes de alho picados,
200 ml de natas,
2 ovos,
4 colheres de sopa de queijo emmental ralado,
Azeite, sal, noz-moscada e orégãos q.b.

Modo de preparação:

Coze-se o tagliatelle, escorre-se, passa-se por água fria e reserva-se.
De seguida, coloca-se um pouco de azeite numa frigideira antiaderente (o mínimo suficiente para barrar o fundo da frigideira) e juntam-se os dentes de alho picados e o Bacon.
Frita-se um pouco, acrescentam-se os cogumelos cortados em pedaços e deixa-se cozinhar tudo.
Entretanto, batem-se os ovos e juntam-se as natas, o queijo, o sal (não se deve colocar muito, pois o Bacon já é salgado) e a noz-moscada. 
Mexe-se tudo muito bem e reserva-se.
De seguida, coloca-se o Bacon, juntamente com os cogumelos e os alhos, no tacho com o esparguete, e leva-se ao lume, envolvendo muito bem.
Quando estiver tudo bem quente, adiciona-se a mistura de natas com ovos e os respetivos temperos.
Deixa-se cozinhar durante 2, 3 minutos e o tagliatelle fica pronto a servir.

Depois de empratar, deve-se polvilhar tudo com os orégãos.

Ficou muito suave e saboroso.





LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...