sábado, 16 de julho de 2011

Rissóis de Pescada da minha mãe - os melhores do mundo...

Claro que sou suspeita para dizer que estes Rissóis de Pescada da minha mãe são os melhores do mundo mas é assim que eu os sinto pois nunca comi outros que me fizessem vacilar nesta opinião...
Para além disso, fazem parte da minha memória enquanto criança já que cresci com estes rissóis em todas as minhas festas de anos...
Nunca experimentei fazê-los ainda que tenha guardada comigo a receita de forma quase 'religiosa'. Bem, passada esta pequena introdução, vou passar à receita propriamente dita, primeiro da massa e depois a receita do recheio.
Para a massa é necessário:
Colocar uma colher de sopa de margarina num tacho e levar ao lume a derreter. Depois de derreter juntar no tacho, ainda ao lume, uma chávena almoçadeira cheia de água e outra cheia de leite e um pouco de sal. Deixar ferver e adicionar no tacho duas chávenas almoçadeiras de farinha e mexer imediatamente. Deixar engrossar e apagar o lume.
Deitar numa mesa ou numa tábua e amassar até ficar lisa.
Para o recheio é necessário:
Utilizar, em média, 1 Kg de Pescada que se leva a cozer temperada com sal (pode ser Pescada fresca e/ou medalhões/lombos, como se quiser). Se for Pescada fresca, desfiá-la depois de cozida, limpa de peles e de espinhas.
Num tacho colocar uma cebola média picada e um molho de salsa também picada juntamente com a Pescada e levar a refogar num pouco de óleo. Depois, ainda ao lume, ir adicionando molho branco/béchamel (que também pode ser de compra) por forma a que não fique muito 'mole' nem 'líquido'. Ir mexendo até ver que tudo está com ar de pasta para se colocar dentro da massa do rissol.
Depois de ter o recheio feito, ir estendendo e cortando a massa em forma de rissol e juntar o recheio (em princípio uma colher de sobremesa é suficiente).
Dicas: para fechar a massa: calcar a massa na borda com o cabo de uma colher à roda (fica uma espécie de marca que depois desaparece e que é muito útil para o rissol não abrir quando se está a fritar). A massa corta-se, de preferência, com um "corta massa" mas há quem o faça com a borda de uma tigela/taça.
Depois de fechados, passar por ovo e pão ralado. Podem fritar-se imediatamente ou então congelar.
São irresistíveis... Adoro estes Rissóis da minha mãe, seja numa festa ou seja numa refeição com um belo dum Arroz de Tomate e uma salada...

2 comentários:

Luísa Alexandra disse...

Esses rissóis ficaram com um aspecto excelente!

moranguita disse...

eu tambem adoro os rissois da mama mas aha muito que ela nao faz para mim. tenho que pedir de novo hehe
beijinhos

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...