terça-feira, 25 de novembro de 2008

Búzios com Fiambre

Fiz um refogado com azeite, três dentes de alho e metade de uma cebola pequenina. Quando alouraram, juntei rebentos de soja, cogumelos laminados, ananás às tirinhas e um pouco do seu sumo, delícias do mar e fiambre partido aos quadradinhos.
Deixei refogar durante quase dez minutos, juntei um pouco de sal e polpa de tomate. Quando 'ferveu' juntei um pacote de natas e deixei cozinhar durante cerca de dez minutos em lume brando.
À parte já tinha cozido a massa Búzios que depois juntei ao refogado. Envolvi tudo muito bem e estava pronto!
Só não levei ao forno a gratinar porque não tinha queijo mas também deve ficar bom.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Tarte de Maçã e leite condensado

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
1 pacote de natas
6 ovos
1 pct de bolacha maria
150 gr de margarina
1 maçã


Tritura-se a bolacha maria e envolve-se com a margarina derretida, e coloca-se na base da tarteira que possa ir ao forno.

Envolvem-se o leite condensado, as natas, e os ovos e coloca-se ao lume para engrossa, sem parar de mexer.
Cortar uma maçã muito fininha e colocar por cima da bolacha maria que se colocou na tarteira, e em cima da maçã deitar o preparado do leite condensado.
Vai ao forno a 200 graus cerca de 10 minutos. Depois de fria pode por canela por cima.

Bom apetite!

sábado, 15 de novembro de 2008

Sonhos de Natal

Por estranho que possa parecer, nunca tinha feito qualquer doce de Natal... Hoje quando entrei no café à porta de casa e vi os 'Sonhos' pensei cá para mim que não deviam ser assim tão difíceis de fazer... Provei um mas achei-o duro e cheio de gordura...
Cheguei a casa e procurei receitas em casa e na 'net'. Esta foi a mais fácil que encontrei e retirei-a daqui. A quantidade dos ingredientes parece pouca mas a verdade é que rendeu uma tigela média cheia de 'Sonhos', não os contei mas deviam ser uns vinte ou mais... Pronto, já sei que no Natal estou apta a fazer 'Sonhos' que até não fazem parte da tradição natalícia dos meus pais, mais concretamente dos doces que a minha mãe faz sempre nesta época...
Estes ficaram óptimos e souberam mesmo bem quentinhos num final de tarde fresquinho, passado em casa.

Ingredientes:

• 3 dl de leite;
• 1,5 dl de óleo;
• 1 casca de limão;
• Uma pitada de sal fino;
• 250 gr de farinha;
• 6 ovos inteiros grandes;
• Óleo para fritar;
• Açúcar em pó para polvilhar (eu usei açúcar normal misturado com canela que adoro e ficou óptimo!).

Preparação:

Ferva o leite com o óleo, a casca de limão e o sal. De uma vez só adicione a farinha e, com uma colher de pau, misture até que a massa se descole do recipiente. Depois de arrefecer, acrescente os ovos inteiros, um a um. Mexa bem. Na frigideira, já com o óleo quente, coloque colheradas de massa, fritando de ambos os lados. Retire e escorra (eu ía colocando os 'Sonhos' em papel absorvente para retirar o excesso do óleo da fritura). Antes de servir, polvilhe com açúcar em pó (eu polvilhei com açúcar normal e canela).

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Bacalhau Assado com Pimentos

(Nota: No dia em que preparei esta receita, tive um 'percalço' na cozinha pelo que as fotos deste prato não ficaram completas. Peço desculpas pelo facto e quando for possível coloco fotos da preparação do Bacalhau, obrigada).

Tal como a receita aqui por baixo, esta é mais uma que encontrei nos meus 'dossiers' e que saíu num folheto do Minipreço há uns anos atrás.
Desta vez não fiz alterações porque não conhecia a receita e até a surpresa da inclusão da canela me deixou agradavelmente surpreendida.
Diz a receita que para 4 pessoas vamos precisar de:

- 500 gr. de Bacalhau,
- 1 Pimento Vermelho,
- 2 Tomates (eu usei polpa de tomate),
- Alho,
- Louro,
- Canela,
- Farinha,
- 1 Copo de Vinho Branco (não usei porque não tinha...),
- Azeite,
- Sal e Pimenta,
- Salsa (também não usei porque me esqueci, ups...),
- Piri-Piri.

Depois do Bacalhau estar demolhado, corte-o em pedaços mais ou menos iguais. Passe-os por farinha e frite-os em azeite bem quente até que fiquem dourados. Ponha os pedaços de Bacalhau num tabuleiro de forno de modo a que não fiquem sobrepostos. Pique os alhos, junte algum azeite da fritura do Bacalhau e frite-os em lume médio. Depois junte o piri-piri, o louro e tomate. Deixe refogar até o líquido evaporar. Quando estiver seco, junte uma pitada de açúcar e canela e um pouco de pimenta. Junte o vinho e depois deste evaporar misture o molho com o Bacalhau. Asse o Pimento (no meu caso, já tinha os pimentos preparados, pelados e limpos congelados) e depois de o limpar, corte-o em ripas e coloque-as sobre o Bacalhau, polvilhe com alho e salsa picados (esqueci-me desta parte), junte um pouco mais de azeite e leve ao forno a uma temperatura média durante cerca de quinze minutos, depois aumente a temperatura um pouco até o Bacalhau formar uma pequena crosta na superficíe. Eu servi com puré de Batata porque o corte de batatas às rodelas para fritar me provocaram um pequeno acidente :D

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Nova colaboradora :)

Como devem reparar não escrevo aqui tantas vezes como gostaria, por falta de tempo e de inspiração.
Quero então apresentar-vos a nova colaboradora deste blog que, quanto a mim, é uma 'mestra" em culinária, especialmente em doces. Fico a babar-me com tudo o que provo vindo da nossa querida prima Sílvia.
Bem vinda prima! Estou ansiosa por ler e aprender os teus truques e receitas :) E a quem nos lê, acreditem que vale mesmo a pena ;)
Até já.
Beijinhos nossos.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Feijoada de Atum

Lembrei-me desta receita que tinha guardada nos meus 'dossiers' e que tinha saído, há uns anos atrás, num folheto do Minipreço.
Fiz as devidas adaptações e alterações e ficou assim:
Num tacho refoguei em azeite dois dentes de alho e uma cebola pequenina, aos quais juntei pimento vermelho às tiras. Quando tudo alourou, juntei duas latas de atum daquelas maiores (agora não me lembro do peso) e oito tiras de delícias do mar.
À parte, num outro tacho, cozi uma farinheira e metade de um chouriço. Depois de cozidos os enchidos, reservei a farinheira de parte e parti o chouriço às rodelas para o juntar ao refogado onde já estava o atum e as delícias.
Entretanto deitei no refogado um pacote pequeno de polpa de tomate e deixei cozinhar um pouco. Escorri o feijão encarnado (de lata) e juntei-o ao refogado bem como uma porção de macarrão que tinha cozido préviamente. Mexi lentamente para não partir a massa, deixei estar em lume médio durante uns cinco minutos e por fim, deitei por cima (ainda no tacho) coentros frescos cortados.
Acompanhei com arroz branco e a bela farinheira que nos "aguardava" partida, com muito cuidado, às rodelas num prato de onde nos podíamos servir.
Ficou óptima esta feijoada e mesmo sendo uma comida mais 'pesada' devido ao feijão, à massa e ao arroz, estava mais 'leve' por ser de atum e não de carne como habitualmente...
A acompanhar ainda fiz uma bela salada de agrião, alface e tomate.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...